_newsletter_contactos_
 
 
InícioInformaçõesSobre o MuseuExposiçõesVisita VirtualPresidentesEducaçãoFormaçãoArquivo DigitalAgendaImprensaMPR Júnior
Facebook
Google+
Twitter
YouTube
Flickr
 PermanenteTemporáriasItinerantesArquivo
Sidónio Pais 1918-2018. Mataram o Presidente. Salvem a Pátria!
Fotografia: Pedro Matias | MPR
<html /><html /><html /><html />
Aumentar Aumentar Aumentar Aumentar
 1 2 »

No dia 14 de dezembro de 1918, o Presidente da República portuguesa foi assassinado. A morte de Sidónio Pais foi um dos momentos trágicos que marcaram o século XX português.

Quem era Sidónio Pais? Como chegou a Presidente e o que foi o Sidonismo? Quais as circunstâncias do seu assassinato e como se criou o mito do «Presidente-Rei»? São algumas das perguntas que tentamos responder nesta exposição, onde se reúnem cerca de 200 peças e documentos, alguns expostos pela primeira vez.

Um dos destaques vai para o relatório da autópsia e exames periciais feito pelo Instituto de Medicina Legal (IML) ao corpo, à arma que disparou o tiro fatal e às roupas que Sidónio Pais vestia quando foi assassinado. Em colaboração com o IML, a Presidência da República patrocinou o restauro deste importante documento – um marco na história da Medicina Legal portuguesa – que colocou em causa muito do que se dissera sobre o trágico acontecimento.

Pela primeira vez, vai ser possível ver alguns documentos médicos e jurídicos sobre Júlio da Costa, o homem que disparou sobre Sidónio Pais e que, tendo estado preso cerca de 28 anos, nunca seria julgado, acabando por morrer no Hospital Miguel Bombarda, em 1946.

Em exposição, entre outras peças e documentos, duas fardas que Sidónio Pais vestiu enquanto foi Presidente da República; a sua borla e capelo de Doutor em Matemática, pela Universidade de Coimbra, e várias objetos que integraram o seu cortejo fúnebre, em dezembro de 1918.

O título da exposição evoca uma frase celebrizada pelo «Repórter X», em 1918, as supostas últimas palavras de Sidónio Pais, antes de morrer: «Morro, mas morro bem! Salvem a Pátria…»

Participe nas conversas a propósito da exposição «Sidónio Pais 1918-2018. Mataram o Presidente. Salvem a Pátria!», no dia 23 de março, das 14h30 às 18h30, no Palácio de Belém.

Página do evento «Sidónio Pais 1918-2018. Mataram o Presidente. Salvem a Pátria!» no Facebook.

Vídeo promocional da exposição «Sidónio Pais 1918-2018. Mataram o Presidente. Salvem a Pátria!».

De 2018/12/15 até 2019/03/31

Viveiros do Jardim da Cascata do Palácio Nacional de Belém

Terça-feira a domingo, 10h00-13h00 (última entrada 12h30) | 14h00-17h30 (última entrada 17h00)

Nas manhãs do Render Solene da Guarda Nacional Republicana (3.º domingo de cada mês), a exposição encontra-se encerrada (10h00-13h00).

Entrada gratuita com aquisição de bilhete para Museu

Nota de Imprensa

Imagem da exposição

ver informaçao detalhada
< Voltar atrás
Presidência da República_links_site acessível[D] site acessível_ comentários_e-cards_mapa do site_informação legal
Museu da Presidência da República     Desenvolvido por Vector21.com    _ficha técnica